Notícias

10/03/2014 - Keppel Singmarine vai ampliar estaleiro em SC
A multinacional Keppel Singmarine investirá US$ 80 milhões na expansão do seu estaleiro em Navegantes (SC). O anuncio foi feito pela companhia ao governo do Estado catarinense durante missão oficial em Cingapura. A empresa dependia da emissão de licenças, concedidas no fim de 2013, para fechar o aporte. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen, o montante mais que duplicará a capacidade de produção do estaleiro - dedicado a embarcações de apoio a plataformas petrolíferas. Hoje o estaleiro pode fabricar oito embarcações por ano.
 
O investimento prevê a construção de uma nova doca seca e a ampliação de 100 metros para 300 metros do píer, entre outros. A estimativa é que a expansão seja concluída em até 24 meses. A obra elevará o número de funcionários de atuais 700 para quase 1,1 mil pessoas.
 
Além do aporte em Navegantes, o governo está em Cingapura costurando possíveis investimentos de empresas nos onze parques tecnológicos que estão sendo licitados no Estado. O objetivo é buscar parcerias para fazer o desenvolvimento dos projetos e do modelo dos centros de inovação. "São locais que terão muitas empresas startup e estamos procurando um modelo de ancoragem que permita fazer de cada centro um cluster específico", disse Bornhausen.
 
Todos já têm projetos executivos e verbas, sendo a maior parte financiamento via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), num total de R$ 100 milhões. A previsão é que os onze parques estejam operando em até 24 meses.
 
O secretário se reuniu com o principal executivo da Keppel, Loh Chin Hua, e convidou a empresa a somar-se ao Centro de Inovação de Itajaí. Segundo Bornhausen, o executivo se mostrou entusiasmado com a ideia.
 
Outra empresa com quem o secretário manteve contato para desenvolver o projeto e o modelo do Centro de Inovação de Itajaí foi a Jurong International, consultoria de Cingapura para criação de polos de inovação e crescimento econômico. "Eles demonstraram muito interesse em ser nossos parceiros no planejamento e execução do centro de inovação", disse Bornhausen.
 
O governo do Estado já tem parceria com a Catalunha, na Espanha, para os projetos dos centros de inovação, e entende que a aproximação com Cingapura, com vasta experiência nesse negócio, pode garantir a excelência desse projeto em Santa Catarina.
 
Na terça-feira da próxima semana, todas as iniciativas recentes envolvendo inovação do governo catarinense se unirão sob o Programa Catarinense de Inovação, que tem três eixos fundamentais: gestão da inovação, capacitação de pessoas e uma agência criada para promoção das empresas do Estado e atração de investimento.
 
 
Fonte: Valor Econômico S.A. - Site NTC
 
Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010