Notícias

18/05/2015 - Vigilância antirroubo na Ponte Rio-Niterói
Novas câmeras vão ler placas, identificar veículos roubados e acionar imediatamente a polícia
A partir do ano que vem, veículos roubados que cruzarem a Ponte Rio-Niterói e outras rodovias federais sob concessão no estado serão imediatamente identificados e abordados pela polícia. Parceria entre o governo estadual, as concessionárias e a Agência Nacional De Transportes Terrestres (ANTT) vai possibilitar a instalação de câmeras capazes de reconhecer as placas dos carros. O objetivo é a atuação mais rápida dos policiais em casos suspeitos.

A novidade foi anunciada ontem pelo subsecretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, durante visita ao Grupo EcoRodovias - futura concessionária da Ponte Rio-Niterói -, em São Paulo. Segundo Delmo, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) vão monitorar em tempo real as câmeras de reconhecimento ótico de caracteres (OCR) no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na Cidade Nova. De acordo com o subsecretário, a Ponte e a BR-101 Norte (Autopista Fluminense) deverão ser as primeiras contempladas, no primeiro semestre do ano que vem. Os equipamentos serão fixados em alguns pontos das estradas. A integração permitirá que PMs e policiais civis também sejam acionados rapidamente pela Polícia Rodoviária Federal. "O projeto faz parte da programação para a Olimpíada e pode ser estendido a estradas estaduais sob concessão, como a Via Lagos e a Rio-Friburgo. A Rio-Petrópolis já tem câmeras OCR, mas a utilização dessa tecnologia para reconhecimento de veículos roubados vai ser pioneira", diz subsecretário estadual de Transportes, Delmo Pinho.

Obras só começam no ano que vem
O Grupo EcoRodovias não vai atender ao pedido do governo estadual para iniciar ainda este ano três grandes obras exigidas à concessionária, que assumirá a Ponte Rio-Niterói em 1º de junho. A empresa anunciou ontem que o mergulhão sob a Praça Renascença, em Niterói, deve começar a ser construído no segundo semestre de 2016.

A alça de ligação com a Linha Vermelha e a Avenida Portuária - para acesso de caminhões ao Porto do Rio - deverão ser executadas a partir de 2017 e 2018, respectivamente. O diretor superintendente da Ecoponte, Alberto Luiz Lodi, explicou que é necessário concluir os projetos e os licenciamentos das obras. "Os prazos para entrega serão cumpridos", ressaltou. O mergulhão em Niterói precisa ficar pronto até 2017; a alça para a Linha Vermelha, 2019; e a Avenida Portuária, 2020. Até o ano que vem, a Ponte vai ganhar mais duas cabines de pedágio para automóveis e uma segunda para motos. Entre 2017 e 2018, serão realizados alargamentos de rampas de acesso.
Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010