Notícias

24/07/2015 - Pedágios da BR-163 contarão com sistema de pagamento eletrônico
Os usuários que passarem pelas praças de pedágio na BR-163 poderão utilizar o sistema de pagamento eletrônico para veículos. Os chamados AVIs (Atomatic Vehicle Identification - em tradução livre, Identificação Automática de Veículos), são sistemas que permitem o pagamento automático de pedágios, tickets de estacionamento, postos de combustível, entre outros, sem a necessidade de cobrança manual. O início da arrecadação está previsto para o mês de agosto.

Todas as nove praças de pedágio distribuídas entre a divisa com o Mato Grosso do Sul e Sinop contarão com 10 faixas de rolamento, sendo cinco em cada sentido. Destas, duas (uma em cada lado) serão dedicadas ao pagamento automático. De acordo com o gerente de arrecadação da Rota do Oeste, responsável pela concessão da rodovia, Wilson Ferreira, a tecnologia permitirá mais comodidade ao usuário e agilidade ao atendimento. "A capacidade de fluxo nestas faixas é de 800 veículos por hora, contra 240 condutores atendidos nas faixas manuais no mesmo período. A tecnologia traz mais comodidade ao usuário e evita filas nas unidades arrecadadoras", reforça.

Isso porque essas faixas contam com um sistema via rádio que se comunica com pequenos aparelhos instalados por operadoras do ramo no para-brisas do veículo, chamados de Tag, que já faz a cobrança da taxa e abre a cancela automaticamente. Na BR-163, serão aceitas todas as operadoras deste serviço autorizadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para atuar em rodovias federais. São elas: ConectCar, Sem Parar, AutoExpresso e MoveMais. "Vale destacar que, uma vez que o condutor contratar o serviço, ele tem cobertura em todos os locais em que a operadora atua, de acordo com o plano acertado", pontua Wilson. Para a segurança dos condutores e operadores das praças o limite de velocidade no local é de 40 km/h.

Além da agilidade no pagamento do pedágio, o serviço também colabora para a segurança do motorista, especialmente dos caminhoneiros. É o que aponta o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado (Sindmat), Eleus Amorim. "Com os sistemas de pagamento eletrônico, o condutor não precisa levar dinheiro no veículo para pagar a taxa no ato. No que diz respeito à produtividade, poderá dar mais agilidade no transporte de produtos, pois espera-se passagem mais rápida pelas praças".

 

Mercado em expansão
Ainda pouco utilizado pelos mato-grossenses, o serviço de AVIs é um mercado com perspectiva de crescimento em Mato Grosso. A tecnologia funciona aqui com certa timidez em pedágios nas rodovias estaduais, mas a chegada de novos negócios, como a Concessão da BR-163, abre as portas para que as empresas do segmento comecem a prospectar. O ConectCar, por exemplo, é aceito nas praças de pedágio da rodovia MT-130, operada pela Concessionária Morro da Mesa. O Sem Parar, outro serviço do segmento, opera também na MT-242/491 (Apasi), MT-242 (Intervias), MT-235 (SPS), MT-483 (Barreiro) e MT-449 (Rodovia da Mudança).

 

Nos próximos dois anos, outros empreendimentos com grande potencial para a implantação do serviço chegam ao Estado, entre eles a inauguração de dois shoppings centers, um em Cuiabá e outro em Várzea Grande.

Apesar das empresas tratarem o assunto com certo sigilo, as informações são que algumas delas já procuram ampliar sua atuação em Mato Grosso. "A tendência é que cada vez mais pessoas busquem a facilidade propiciada pela passagem automática nas cancelas. Nesse cenário, a expectativa é o crescimento gradual do uso do serviço no Estado à medida que o consumidor conheça as facilidades e mais pontos passem a operar com cancelas automáticas. As praças da Rota do Oeste contarão com o serviço e, em breve, ele será aceito também nos principais shoppings e estacionamentos de Mato Grosso", destaca João Curmelato, diretor superintendente da ConectCar.

Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010