Notícias

02/10/2015 - MP pede reestruturação de estradas e construção de ponte no Norte do RS
Buracos na RS-324 e RS-129 causam prejuízos aos motoristas.
Condutores expõem calotas estragadas por causa dos problemas nas vias.

A precariedade das rodovias é uma realidade em todas as regiões do Rio Grande do Sul. No Norte, a situação caótica levou o Ministério Público a ajuizar uma ação civil contra o governo do estado, pedindo solução para os buracos e até a construção de uma ponte (veja a reportagem).

A ERS-324, estrada que liga Vila Maria a Casca, está há muito tempo cheia de buracos e as operações feitas no trecho já não resolvem mais a situação. Na ERS-129, os motoristas são expostos ao risco de ter que desviar de verdadeiras crateras.

As condições precárias das rodovias causam prejuízos aos motoristas. Como protesto, eles penduraram, na beira da estrada, as calotas dos pneus, estragadas no trecho.

Por isso, o promotor de Justiça de Casca Damásio Sobiesiak resolveu agir. Ele ajuizou uma ação civil pública contra o Departamento de Estradas e Rodagem (Daer) e o governo do estado, pedindo a reestruturação da via, entre Paraí e Vila Maria e da ERS-129, entre Casca e São Domingos do Sul.

"Além de ser notória a degradação de ambos os trechos das estradas, o Ministério Público tem recebido queixas de pessoas no sentido de que se promova medidas judiciais para compelir o Daer ou o estado do Rio Grande do Sul a fazer as melhorias necessárias", explica o promotor.

A ação também pede providências para a ponte sobre o rio São Domingos. Por ser pista simples, muitos acidentes já foram registrados no trecho. E o local ficou ainda mais perigoso porque praticamente toda a proteção lateral foi destruída.

Em julho deste ano, um caminhão chegou a cair no barranco, por causa das condições da ponte. Mas também há imprudência de muitos motoristas. Além de desobedecer a sinalização de parada obrigatória, condutores ainda andam em alta velocidade.

Enquanto a ação corre, uma liminar com medidas emergenciais foi deferida. O estado, através do Daer, tem 30 dias para colocar redutor físico de velocidade antes da ponte, além das proteções laterais.
Outra liminar também deferida determinou que os buracos sejam tapados nesse mesmo prazo, até que haja a reestruturação das rodovias. O Daer disse que está trabalhando para melhorar as condições da ERS-324. Depois, a ERS-129 também deverá receber reparos.
Moreflex Borrachas
Rod. RS 240, Km 06 - Cx. Postal 30 - Portão/RS - Brasil
Tel. (51) 3562-9500
     
Desenvolvimento INET Solutions - © Todos os direitos reservados - Moreflex Ltda - 2010